O vai e volta da ‘newsletter’

em
Iandra Aguiar e Maria Eduarda Carvalho

Você sabe o que é e-mail marketing?

Em maio de 1978, foi enviado o primeiro e-mail pelo comerciante Gary Thuerk, e esse envio foi altamente criticado por conta da falta de privacidade de quem o recebeu. Hoje, 41 anos depois, é uma das maiores estratégias de marketing digital para converter leads e criar brandlovers. As pessoas relacionavam esses tipos de conteúdo ao spam e ninguém queria recebê-los de fato já que as mensagens não eram bem estruturadas, não tinham um texto bem feito ou um design pensado de acordo com os clientes que desejavam atingir. Mesmo assim, as táticas de marketing chegaram a alcançar cerca de 13 milhões de dólares para o negócio. 

Em 2019, o e-mail marketing tornou-se uma estratégia que traz conteúdos dinâmicos, interativos, mantém o lead informado e manda conteúdos que estejam de acordo com uma segmentação previamente feita. A ferramenta é pensada de forma a atingir as pessoas do mundo contemporâneo, que não se prendem a uma informação por mais de dez segundos. O objetivo é  conseguir chamar atenção e mostrar a necessidade do seu serviço para seu público focal, de acordo com o funil de vendas da organização.

Com base nas pesquisas, o número de usuários de e-mail mundialmente será de quase três bilhões de pessoas. Isso representa mais de um terço da população, e esse envio evoluiu de forma a transformar o relacionamento com os clientes. Tem certeza que você não precisa aplicar esse serviço? A Facto vai te ajudar a entender para que essa estratégia é utilizada.

 
 O QUE É/COMO FUNCIONA?

O e-mail marketing é a comunicação feita por correio eletrônico entre empresa e clientes. Ela pode conter divulgação de produtos ou serviços, promoções e qualquer tipo de conteúdo que faça sentido para a empresa, criando um vínculo com quem os recebe. As mensagens são direcionadas e baseadas em um estudo sobre funil de vendas e elas possibilitam que o lead se mantenha informado e entenda a necessidade de receber exatamente o conteúdo que ele precisa naquele momento. 

 

 QUAIS OBJETIVOS ALCANÇADOS? QUAL É O OBJETIVO?

Os objetivos do e-mail marketing são muito amplos e podem ser guiados de acordo com o que sua empresa precisa. As abordagens precisam diferenciar-se daquelas que os seus concorrentes já utilizam. Por isso, como fazer com que os clientes te escolham?

Hoje em dia, com a utilização de várias mídias sociais, é difícil acompanhar as atualizações que as empresas fazem sobre seus serviços e produtos. Os e-mails com teor mais direcionado facilitam a comunicação, ao levar o conteúdo correto para o lead correto e fazer atualizações cuidadosas na realização dos disparos. As newsletters muitas vezes são confundidas com spam, por isso é preciso saber o formato que cada segmento deseja receber. Afinal, se a pessoa assinou seu conteúdo, ela já entendeu que seus serviços ou produtos são relevantes para ela, o que possibilita uma tendência maior de o e-mail ser aberto e lido. 

Usar a forma correta de e-mail marketing é essencial para o relacionamento com os seus clientes ou interessados, promovendo pontos como: 

 

 

  • Alto alcance e previsibilidade: Feito um mailing (uma agenda com seus clientes e leads), você pode enviar os e-mails de acordo com cada segmento para uma boa quantidade de pessoas. Com a ferramenta correta de e-mail marketing é possível ver quem está recebendo e abrindo seus conteúdos. A partir disso, entendemos se as estratégias estão ou não fazendo sentido e otimizamos para trazer ainda mais retorno. 

 

 

 

  • Formato de acordo com o segmento: É recomendável utilizar o e-mail marketing da forma conhecida como one to many, em que o lead, ao ler seu e-mail, sinta que aquela mensagem foi feita para ele. Isso aproxima o consumidor da sua marca.

 

 

 

  • Alto retorno financeiro: As taxas de conversão a partir do e-mail marketing podem ser maiores do que esperado. De acordo com as pesquisas feitas pela Direct Marketing Association, Return Path e E-mail on Acid, a taxa média de conversão do e-mail marketing é de 69%. O estudo foi feito em sua maioria com assinantes dos Estados Unidos, que concluíram o retorno de 38 dólares a cada 1 investido. 

 

 

 

  • Promover conteúdos: Excelente forma de conquistar o cliente. Fornecer conteúdos como webinars, um tipo de webconferência, lives ou uma semana voltada a um conteúdo específico, possibilitam uma boa troca e geram destaque à sua marca.

 

 

 

  • Vender: Oferecer promoções para os leads que estão acompanhando suas atualizações há algum tempo promove sua marca a um outro nível. Quem não gosta de receber um presentinho ou de ser reconhecido pelo engajamento, não é mesmo?

 

 

 

  • Criar relacionamento com consumidores e leads: Escolher um horário fixo e manter disparos frequentes para informar seus leads auxilia na manutenção de leitores dos e-mails. Além de construir uma relação com os possíveis clientes e manter contato com os clientes já conhecidos, o que facilita o follow up e aumenta a quantidade de consumidores reincidentes.

 

 

Quando uma pessoa opta por receber e-mails da sua empresa, ela espera que você mantenha contato de tempos em tempos. Isso pode parecer óbvio, mas muitas empresas se esquecem de nutrir um relacionamento constante com sua base de contatos via e-mail!

 

COMO COMEÇAR? 

Existem várias formas de começar uma agenda de contatos. Dependendo da situação da empresa e dos clientes que se quer alcançar, é preferível uma ou outra estratégia.

A produção de conteúdos é uma isca muito eficiente. A partir da divulgação de conteúdos (templates, e-books, planilhas, playlists, ou o que você imaginar que possa agregar à experiência e gerar interesse para o cliente) disponibilize os materiais gratuitamente após a inserção de um newsletter profissional. Uma outra opção seria criar uma plataforma para captação de e-mail de leitores do site, blog ou rede social para enviar lembretes quando conteúdos forem postados. Essa ação cria um relacionamento interessante entre você e seus leads, e além disso, existe um benefício claro em estar recebendo a mensagem eletrônica de alguém que se preocupa com sua capacitação e crescimento.

Outra forma bem útil é através de landing pages ou pop-ups em seu site. Eles chamam atenção mas não gastam seu tempo. Com design simples e interativo, um pequeno enunciado convida o visitante do site a se inscrever para receber novidades e atualizações da sua marca.

Posterior à formação da lista, temos a escolha da melhor ferramenta para suas necessidades. Lista grande, pequena, número de disparos por semana e quais fornecem métricas que vão ser mais úteis de acordo com seu objetivo. Esses são aspectos a serem analisados para escolher a plataforma. De início, o programa mais usado e que atende a grande parte das demandas é o MailChimp. Ela acompanha as visualizações, disponibiliza modelos para a produção do e-mail e ainda possui a ferramenta de criar sua landing page.

 

Agora, você já sabe para que serve o e-mail marketing e pode encontrar o que faz sentido para sua marca. Surgiram dúvidas? A Facto está à disposição para te ajudar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s