WhatsApp vs. Telegram: quem vence essa disputa?

em

Recentemente os usuários do WhatsApp receberam um aviso de que as conversas se tornaram criptografadas e agora ninguém além deles terá acesso às mensagens. Tal mudança veio junto de outras inovações e, para entender melhor o motivo destas, vamos a alguns fatos.

Em 2014 o Facebook comprou o WhatsApp por cerca de US$ 16 bilhões e em 2015 os downloads do aplicativo já ultrapassavam a marca de um milhão, com mais de 700 milhões de fotos e 100 milhões de vídeos compartilhados diariamente.

Em junho de 2015 o Ministério Público fez um requerimento com base no Marco Civil da Internet, mas o WhatsApp não o atendeu, alegando que este feria os termos de acordo feito com os usuários. Em agosto, a empresa foi notificada e recebeu uma multa, que resultou em uma ordem judicial de paralisação do sistema no Brasil por 48 horas. Mas como um serviço deste tamanho foi ameaçado?

Nesse período, os usuários procuraram outras alternativas. Muitos se transferiram para o Telegram, um aplicativo concorrente que surgiu em 2013 prometendo menos falhas e mais privacidade – alcançou em poucas semanas mais de cinco milhões de usuários. Desde então o WhatsApp tem tomado providências e inserido melhorias no sistema.

Contudo, quais seriam as diferenças entre os dois aplicativos? Em primeiro lugar, o Telegram é completamente gratuito e a licença não deve ser renovada com o desembolso de US$ 0,99, como acontece no WhatsApp. O Telegram também tem vários recursos alternativos e isso pesa a seu favor. Ele possui o Secret Chat – pessoas podem trocar mensagens sem que elas passem por nenhum servidor intermediário e são excluídas automaticamente ao fechar o aplicativo –, suporte para gifs e transferência de arquivos de até 1,5 GB, o que permite compartilhamento de músicas e filmes. Ele também possibilita que o usuário entre em contato com alguém sem necessariamente ter o número da pessoa salvo na lista de contatos, podendo contatá-la apenas pelo nome utilizado.

Entretanto, as últimas atualizações do WhatsApp vieram com tudo: mensagens criptografadas ponta a ponta, grupos de até 250 integrantes, capacidade para envio de arquivos – além das fotos, áudios e vídeos – novo layout no acesso às mídias e, ainda, recurso para escrever em negrito, itálico e riscado.

Com essas opções é normal ficar confuso: um aplicativo com muito potencial de crescimento contra o maior emissor atual de mensagens online. Mas você ainda pode analisar e escolher o que melhor atende suas necessidades!

Arte por Camila Martins

Texto por Marisa Wanzeller

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Fernanda disse:

    Parabéns pelo texto, certamente farei a comparação entre os dois aplicativos na prática.

  2. Rosângela disse:

    Ótimo texto.
    Parabéns

  3. Débora disse:

    Parabéns pela matéria! Texto interessante e muito bem escrito. As informações são muito úteis.

  4. Diogo disse:

    Excelente texto. Nunca tive curiosidade de utilizar o telegrama mas com esse texto consegui ter um overview rapido da ferramenta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s