A impressora além do papel A4

em

Já pensou em ter uma mansão feita por uma única máquina? Ou imprimir suas próprias ideias? Tantas opções com custo e tempo reduzido podem até parecer sonho, mas se tornaram realidade graças ao norte-americano Chuck Hull, idealizador e criador da impressora 3D.

 

Ter acesso a uma impressora 3D significa criar objetos reais e palpáveis de maneira muito simples. Para produzí-los em 3 dimensões, a máquina tem fórmulas diferenciadas. As formas de impressão podem ser tanto com camadas de polímeros sobrepostas até aplicações de jatos à pó.

 

A máquina responsável por recriar objetos comuns de um novo jeito foi criada em 1986, mas só começou a ganhar destaque quatro anos depois, em 1990. Inicialmente a impressora possuía apenas duas funcionalidades: criar objetos plásticos e lâmpadas para solidificação de resinas.

 

Diante a percepção da necessidade de algo novo e mais eficaz, Hull pôde desenvolver projetos que superavam outros já antes criados – como, por exemplo, o Personal Computer (PC). Também fundou a 3D system Corp, que desde sua criação permanece como a maior empresa do segmento. A dimensão que se obteve com a máquina foi gigantesca, pois essa novidade chegou a um campo da tecnologia pouco explorado. Além da rapidez e do custo poder chegar a ser 80 vezes mais baixo, a confecção de qualquer objeto pode ser feita em até 24h.

 

De acordo com sites de conteúdo próprio para a impressora, a medicina foi a área que atraiu maior atenção pois as inovações vêm sendo cada vez mais eficientes. A impressora se destacou por beneficiar tanto animais quanto pessoas na prevenção de tragédias e no auxílio por meio de próteses. Um dos casos divulgados é o do cachorro que nasceu com má formação nas patas dianteiras e hoje pode correr até 5km diariamente. Até mesmo crianças com alguma limitação específica hoje podem abraçar seus pais pela primeira vez, graças às melhoras adquiridas com as próteses impressas pela máquina 3D.

 

A cirurgia para a retirada do tumor que acarretaria a cegueira de uma mulher foi auxiliada por meio da réplica do crânio com a localização do cisto. Próteses de pernas, mãos e outras partes do corpo com designs únicos e resistentes também podem ser adquiridas facilmente por meio da impressão em casa ou em locais que hoje se especializam nisso – mas ainda não no Brasil.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s