A estética na Comunicação

em

EST

Por Bruna Araújo

A importância da comunicação visual nas mais diversas formas de apresentação de uma ideia tem se tornado indiscutível. Já não bastam apenas palavras para atrair o público alvo: os elementos visuais são indispensáveis para despertar o interesse dos ouvintes ou leitores.

A forma como uma notícia é exposta esteticamente, por exemplo, pode denunciar algum aspecto de seu conteúdo. De praxe, imagina-se logo uma fotografia acompanhando um texto jornalístico. Entretanto, também é válido observar a tipografia utilizada, isto é, a fonte utilizada na escrita transmite mais valor ao texto do que se pode imaginar.

Uma notícia impressa em jornal costuma usar fonte tipográfica mais formal e dispor os elementos de forma mais organizada do que um blog, por exemplo. Esses contrastes se devem à diferença dos públicos alvos. Enquanto os leitores de jornais impressos são, em maioria, adultos e idosos mais tradicionais, os leitores virtuais são mais dinâmicos e informais.

Resta ainda um exemplo bastante esclarecedor: a capa de um livro. Aí está um elemento completamente visual e atrativo. A imagem, as cores e a forma como o título é disposto compõem a receita mais atrativa para anunciar o conteúdo da história.

Para uma comunicação bem-sucedida, os elementos estéticos devem não só condizer com os demais elementos, mas afirmar constantemente a identidade da informação. Isso se aplica a todo tipo de comunicação planejada.

Partindo da premissa que prega os bons modos e a boa apresentação como código moral comum à sociedade, acredita-se que o modo como um atendente se comporta quanto à aparência influencia poderosamente na decisão final do cliente atendido.

Caso apresente-se limpo, bem vestido e com boa postura, as chances de fechar um negócio são potencialmente maiores, uma vez que um bom visual transmite cuidado, confiança e seriedade ao cliente. Outrora, se um profissional comparece à entrevista ou reunião vestido indevidamente, descabelado, com aparência desleixada, provavelmente, este não receberá tanta atenção positiva.

É certo que não se deve julgar a capacidade de alguém somente por sua aparência, todavia é coerente afirmar que a impressão visual é a primeira mensagem a ser passada. A partir dela, sucedem as demais informações, trazidas por uma fala, um discurso, um texto, uma história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s