O Livro do Boni

em
Capa do “Livro do Boni”

Por Juliana Perissê

Televisão, rádio, jornalismo e publicidade, tudo em um lugar só: O Livro do Boni. José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, ou simplesmente Boni, lançou em 2011, um relato detalhado de sua vida profissional enquanto empresário, publicitário e diretor de televisão. A biografia O Livro do Boni conta a trajetória de um dos homens mais poderosos da história da Rede Globo, onde trabalhou por mais de 30 de seus 77 anos. Ali,  ele teve papel importante, ou até de protagonista na transformação dela em primeira emissora da América Latina e quarta do mundo.

As memórias de Boni recontam  fatos importantes não só da história da televisão brasileira, como também do desenvolvimento do rádio e da publicidade do país. Filho de dentista que trabalhava como músico na Rádio Cultura de São Paulo, apaixonou-se pelo rádio já na infância e, neste veículo, começou sua carreira. Migrou, posteriormente, para a publicidade e, nessa profissão, fez campanhas para importantes marcas do mercado. Em O Livro do Boni, não faltam histórias de campanhas feitas por ele e reconhecidas até hoje. O famoso “plim, plim” e o slogan “Varig, Varig, Varig”, por exemplo, foram obras do profissional.

Boni ingressou na televisão em 1952 e trabalhou na TV Tupi, na TV Paulista, na TV Rio, na TV Excelsior e na TV Globo. Durante esta trajetória, pôde conviver não só com grandes jornalistas e diretores, como também com autores emblemáticos, como Cassiano Gabus Mendes, Janete Clair e Dias Gomes, renomados humoristas, como Chico Anysio e Jô Soares, e atores notáveis, como Tarcísio Meira, Glória Menezes, Regina Duarte e Tony Ramos. O livro revive histórias dos bastidores de grandes programas, novelas, séries e jornais.

O Livro do Boni é de grande utilidade, também, para entender o desenvolvimento da Comunicação brasileira. Boni relata, por exemplo, a diferença entre as rádios americanas e as brasileiras, na primeira metade do século XX, e como isso influenciou a implantação da televisão no país. Também mostra a importância das telenovelas na história da televisão, sem deixar de contar as dificuldades que enfrentou quando, por exemplo, os programas ainda eram feitos ao vivo e a carência de equipamentos de produção era constante.

Organizado, detalhado e ilustrado com fotos, O Livro do Boni é sugestão de leitura, principalmente, para quem gosta de livros com relatos factuais e linguagem simples, e para quem se interessa por Comunicação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s