O Fã, uma boa estratégia de Marketing

em

Fã: do inglês: fan, de fanatic, fanático. É uma pessoa dedicada a expressar sua admiração por uma pessoa famosa, grupo, idéia, esporte ou mesmo objeto inanimado (por exemplo um automóvel ou um modelo de computador).(Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.)

O fã busca no seu ídolo identificação e o admira segundo seus valores e atitudes. Mais que isso, fala desse ídolo e o defende de forma veemente diante de qualquer um que se posicione contrário ou crítico a ele.

 Se a era atual do Marketing valoriza o cliente de tal forma que ele se torne um divulgador e defensor da marca, por que não querer torná-lo um verdadeiro fã? E mais que apenas transformá-lo em fã, canalizar a sua energia para promoção de determinada marca. A questão é passar a enxergar o consumidor como alguém que não só admira um produto, marca ou idéia, mas também torna as características desse produto intrínsecas à sua própria personalidade. Algumas organizações investem na conquista de fãs como forma de aumentar a vantagem competitiva.

Um caso da potencialização do poder do fã foi utilizado recentemente pela Nike na sua parceria com o Corinthians. O marketing da marca de produtos esportivos transformou o “bando de loucos” em uma verdadeira República Popular do Corinthians.  O retorno que vem do valor dado a cada torcedor fiel é imensurável tanto para o Corinthians como time e organização (sem contar os lucros com vendas de camisas e outros acessórios) como para a Nike, organizadora da iniciativa. Se antes, o torcedor incorporava o título, agora como cidadão da República, o Registro Geral oficializa a paixão pelo time

A FanPage do Facebook é outro bom exemplo dessa tendência. Com diz o próprio nome, na “página do fã” são encontradas atualizações de seus objetos de admiração, que podem ser desde bandas, até filmes ou mesmo marcas e modelos de produtos. Além da interação do fã, a página dá abertura para propagação dessas informações pelo usuário. É o aplicativo “curtir” que deixa as atualizações presentes no perfil do fã para que todos os seus amigos possam ver.  Há ainda as marcas que produzem conteúdo nas suas FanPages baseado em estudos e análises de preferências de seus usuários. Os clientes viram verdadeiros “tietes” das marcas nas Redes Sociais.

Já se sabe da real importância de um cliente que defende sua marca de preferência, principalmente quando eles são classificados com grandes formadores de opinião. A nova questão é aumentar essa identificação e fazer do Fã uma ótima estratégia de Marketing.

Por Mirella Pessoa

Consultora de Marketing & Negócios

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s