Relações Públicas e o comportamento institucional moderno

em

Vários são os campos organizacionais presentes na atualidade. Cada um faz questão de explicitar determinadas características a fim de se diferenciar e de se destacar da concorrência, sendo assim, eleito pelo público. Não importa a segmentação a que pertencem, todos convergem na busca pelo sucesso organizacional.

A velocidade das mudanças que ocorrem a todos instantes no campo social, econômico, político, entre tantos outros que exercem influência no mundo empresarial, exige das empresas um novo comportamento institucional perante a opinião pública. Para uma empresa se manter forte é preciso monitorar esses campos, adaptando seus serviços e produtos conforme as novas necessidades do público. É nesse panorama que a figura do relações públicas tem a importância reforçada.

Apesar do fato de que há algum tempo para cá as atribuições desse profissional reduziram drasticamente e sua importância venha sendo questionada, quando bem feitas, as ações de relações públicas tornam-se grande diferencial competitivo. Isso se dá por seu próprio fundamento, “o esforço deliberado, planejado e contínuo para estabelecer e manter a compreensão mútua entre uma instituição pública ou privada e os grupos de pessoas a que esteja, direta ou indiretamente, ligada”¹.

Nesse contexto, cabe ao profissional de relações públicas a comunicação integrada da organização com os mais diversos públicos, valendo-se para tanto de diversos instrumentos e canais de comunicação, entre eles house organs e promoção de eventos. Deve ainda desenvolver e destacar o relacionamento institucional com os públicos estratégicos, identificando oportunidades e necessidades de comunicação da instituição com a sociedade. Mesmo que em muitas organizações não exista um departamento designado exclusivamente para tal função, podem-se notar suas atribuições distribuídas entre diversos cargos, com nomenclaturas diversas.

Como justificar, contudo, o esforço empregado em tais ações? Citando de forma simplificada, suas ferramentas permitem que não apenas se gere uma imagem institucional, mas, simultaneamente, fornecem meios para que ela possa ser gerida da melhor forma possível, revertendo possíveis contradições entre a reputação desejada pela empresa e a forma como é vista por seu público. Sua maior aposta é em algo que até tempos atrás parecia impensável: investir em um relacionamento a longo prazo, mesmo que no momento presente a pessoa com quem desenvolve tal relação não tenha interesses diretos em sua organização.

¹Conceito de Relações Públicas proposto pela Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP)

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. quais sao tipos de relacoes que existem

  2. Gostei muito da Materia e nao so porque gosto esta disciplina e quero mais aprender ao respeito, citado comforme analisado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s