Uma história inconformada

em

A história da Facto é a história do inconformismo. Em 16 de fevereiro de 2009, nascia a empresa cuja principal meta seria tirar todos os futuros membros de suas zonas de conforto. Foi assim comigo e, eu lhe asseguro, será assim com você. Você que está lendo este texto e pensando: “será que eu me inscrevo no próximo processo seletivo… será que eu vou gostar… vai valer à pena?”

Bom, aproveito a oportunidade para lhe propor que se faça algumas outras perguntas. Sua formação universitária é o suficiente para lhe garantir boas oportunidades de trabalho? Olhando para o seu currículo, o que lhe torna diferente dos mais de 20 mil – eu disse 20 mil – estudantes de jornalismo que se formam todos os anos no Brasil? “Mas, Malta! Eu falo inglês, espanhol, francês, já fiz quatro cursos do ‘Comunique-se’, escrevo um blog e já li mais de 10 livros sobre jornalismo!” Tudo bem, se você respondeu algo parecido com esta última frase, saiba que deve ter se diferenciado, nas projeções otimistas, de uns 10% dos citados 20 mil.

Os capítulos da história da Facto, ainda curta, mas intensa, são escritos por estudantes universitários, como você e eu. Uma gente que entendeu logo cedo que o diploma é importante, mas realmente valiosas são as experiências que se adquire durantes os anos que se leva para consegui-lo. Cada um dos quatro semestres de existência da Facto foi marcado por grandes conquistas. Logo no começo desenvolvemos nossa identidade visual, que deu uma cara à empresa. Depois, veio um processo seletivo mais estruturado (com provas, entrevistas, jobs e dinâmicas) que sem dúvidas nos trouxe uma equipe de ponta. Com essa equipe de ponta, fizemos nosso mais ousado projeto: um plano de comunicação integrada para uma empresa consolidada há vários anos no mercado. E as conquistas continuaram. Hoje, a Facto tem sua própria sede, dinheiro em caixa, projetos já fechados para 2011 e muito orgulho. Orgulhosa de olhar para trás e perceber que esses louros são resultado da garra, do sonho e, claro, do inconformismo de uma gente sempre disposta a ir além.

Os membros dessa empresa tem a sua idade, são seus colegas de faculdade, vão à “Realize” e ao “Pôr-do-Sol”. Mas no inconformismo que os marcam, eles perceberam que se cada um juntasse o que sabe com o que o outro sabe e se estivessem dispostos a aprender juntos o que nenhum sabe, ‘sonhar alto’ não mais seria ‘utopia’. Eles descobriram que para uma pessoa sozinha, não importa quão brilhante seja, será impossível se igualar aos talentos reunidos de uma equipe eficiente. Sabe de uma coisa? Quanta gente demora uma vida inteira para entender que de fato é este o segredo do sucesso.

Em poucas semanas, os atuais diretores da Facto completam seu ciclo e deixam a empresa. Uma nova geração de membros subirá ao comando e dará continuidade a nossa história. A Facto chega ao fim deste ano fazendo um convite sincero. Você está em busca de desafios bem maiores que uma partida de sinuca no CA? Você quer colocar uma pitada de sacrifício e dor de cabeça à sua formação universitária? Você está inconformado? Mais do que nunca, a Facto está pronta para receber você.

Felipe Malta

Diretor-Presidente

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Iasminny disse:

    Tanto me inconformo, que nao me sinto à vontade no local onde me encontro e saio em busca de novos desafios – nao que o anterior tenha sido conquistado em sua totalidade, mas pq hj sinto que preciso de novos caminhos. Fui feliz com minhas conquistas em outras experiencias e algo me diz, sinceramente, que meu proximo passo vai ser me incomodar na Facto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s